sábado, 14 de agosto de 2010

Mais um beijo


Aqueles olhos negros estavam marejados.Ela quase não conseguia conter seu choro,mas não queria mostrar sua fraqueza assim,de bandeija.


-Você sabe que não precisa chorar,está tudo bem.


-Não,não está.Sinto que meu coração vai parar de bater a qualquer momento,porque não tenho você em meus braços.Você sabe o quanto dói estar sem você?


-Sei.Sinto a mesma dor,todos os dias,mas a minha força encontro em saber que cedo ou tarde verei novamente seu sorriso.


-Eu preciso de você.


-E eu também preciso de você.


A dor era tanta,que os olhos só foram capazes de exprimir aquilo que ela tentava sufocar em seu peito.Lutava veemente contra sua dor,mas ela era mais forte.
Vencida pelo cansaço,ela se entregou às lágrimas,então ele calou-se,suspirou,e tentou acalmá-la.


-Logo estaremos juntos.É tudo uma questão de tempo.


Mas o tempo,ela sabia,era sacana.Não passava quando estava longe dele,parecia que gostava de vê-la sofrer pela distância.Ele se arrastava tão lentamente quanto podia,e ela calada,sofria.
E quando estavam finalmente juntos,o tempo corria feito louco,e logo eles teriam que dar o Adeus.


-Até quando vou suportar o tempo demorando pra passar,para que eu possa ver o seu sorriso?


-Até quando seu coração aguentar


-Mas e se não aguentar?


-Ele vai aguentar,tenha calma.


Ela olhava todos os dias pela janela,esperando ver a Lua e seu pensamento ir até onde ele estava.Pelo menos de alguma forma ela sentia que estavam juntos.Ela lhe pediu,e ele prometeu fazer o mesmo,todas as noites.
Ela sabia que a distância era capaz de separar seu corpos.E ela sentia falta disso.Do calor do seu abraço,do cheiro dele,de como ele roçava a barba em seus ombros fazendo-a arrepiar.Ela sentia falta das palavras cantadas ao pé do ouvido,e da risada engraçada que ele tinha.
Ele sentia falta da voz dela,e de quando ela fazia manha só pra agradá-lo.Ele sentia falta do cheiro de morango da pele dela,e da risada engraçada de quando ela estava bêbada em seu último encontro.
Mas o que ambos mais sentiam falta,era de quando seus lábios se encontravam num beijo demorado e sincero.
Ela sabia que a saudade doía nele também.Ele sabia que ela chorava todas as noites.Mas ambos sabiam,que o amor era forte e valeria a pena a espera por mais um beijo. 

2 Comentários:

Cacau disse...

Senti o mesmo que você sentiu, escrevendo isso. Ficou lindo!

Cacau disse...

Ficou lindo *_*

Postar um comentário