segunda-feira, 25 de outubro de 2010

Pedaço de veludo

Olho no espelho e o que vejo sempre refletido em meus olhos é o medo.Ele sempre dá as caras,então me afogo num copo de vinho.Mas minha cabeça pesa,minha garganta dói e eu já não suporto engolir nem mais uma dose.
Eu sempre procuro pelas respostas das perguntas que ainda nem tive coragem de fazer a mim,estou na busca por preencher um vazio que nem sei ao certo se realmente existe ou se é apenas mais uma invenção minha pra trazer um pouco mais de dor ao meu olhar.
Olho para o céu e sinto que a chuva não cai somente em meus ombros,mas o peso que as gotas têm sobre mim,talvez não tenha o mesmo peso sobre os ombros de mais ninguém.
Caminhos incertos é o que sempre procuro seguir,não gosto da exatidão de meus passos,se contradiz com o incerto do que sou por dentro,e o certo é seguir aquilo que se é,não?
Apenas queria saber expressar qualquer coisa que sinto,mas talvez eu não seja capaz de expressar absolutamente nada,por não sentir,ou sinto demasiadamente que palavras me faltam,escapam de minha mente.
Eu nunca
senti por dentro como se fosse macio,quente e seguro,como um pedaço de veludo,confortável de me recostar.Eu sempre sinto a aspereza dos meus pensamentos,me sufocando e me calando a cada vez que penso em dizer uma mísera palavra à mim mesma frente ao espelho.
Sinto que sou eu quem me cala,sinto que sou eu quem me mata,sinto que sou eu quem me sufoca todos os dias.Sou frágil como um produto que pode quebrar na primeira queda,mas sei que não sou tão frágil porque caí várias vezes,mas ainda não me quebrei por inteiro.
Sei que dói quando sinto o vazio,mas por muitas noites permaneci anestesiada,então fui capaz de dormir.
Eu só queria ser capaz de fechar os olhos e adormecer tranquilamente,sem que o medo de ter mais algum pesadelo me domine,e me faça abrir os olhos como quem busca conforto na claridade do quarto,tentando me prender em qualquer coisa que me faça sentir segurança de novo,pra que eu seja capaz de então fechar os olhos e adormecer tranquilamente.
O que me traz o medo não é a escuridão em si,mas é a solidão que sinto toda vez que fecho os olhos e não sinto o calor de um outro corpo ao meu lado.Mesmo que fosse uma solidão à dois,talvez um corpo a mais na cama trouxesse à mim o conforto que não encontro no encontro dos meus braços ao redor de mim.
Na verdade eu queria um corpo em especial,para estar me aquecendo no frio,no calor,em qualquer estação que fosse,e talvez seja essa a única certeza que tenho de mim.Eu queria você,o seu corpo,o seu calor.Eu queria a sua boca na minha,o gosto da sua saliva,o perfume da sua pele.
Então talvez com teus abraços,e os teus risos eu fosse capaz de sentir segurança mesmo na escuridão,porque eu saberia que não seria preciso acender as luzes e procurar por algo que me faça sentir segura,porque você está ao meu lado e isso basta.
Bastaria saber que você está aqui para que eu tivesse a certeza de que respiro,de que estou viva.Porque você faz com que meu coração bata acelerado,então eu sei.Eu sei que por enquanto não vivo,não respiro,não sinto.
Sei de tudo isso porque sei da sua ausência,e não à sinto porque meu corpo,meu coração,nada é capaz de sentir quando você está distante.
Então meus caminhos permanecem incertos,o medo permanece em meus olhos.Todos os dias.Dia após dia passo minha mão pela cama procurando por você,mas não te encontro.Fecho meus olhos e tento pensar que está aqui do meu lado para que o medo vá embora,mas eu desejo que você pegue minha mão e me diga que nunca vai sair de perto de mim novamente.
Enquanto você permanece em algum lugar distante de mim,eu também permaneço.Eu permaneço distante,perdida de mim mesma porque eu preciso de você para me orientar novamente.
Sinto que o céu é uma mentira,sinto que o vento batendo em meu rosto é uma vaga lembrança do dia que te vi partir.E isso dói.
Dói me lembrar do dia que te vi partir e não fui capaz de dizer nada,a minha voz desapareceu.Tudo o que eu gostaria de dizer,sumiu da minha cabeça.Não era a hora de você partir,não era a hora de me deixar aqui,mas você se foi e agora o que restaram foram dúvida s e mais dúvidas daquilo que devo buscar.

1 Comentário:

L!mOnadah ♥Slemom X♥ disse...

COOL D+ NANDA , adorei.

Postar um comentário