domingo, 18 de novembro de 2012

Meu vazio

Sinto em meu peito um enorme vazio, que carreguei comigo durante toda minha invisível existência. Parecia que por alguns momentos eu era capaz de preencher esse espaço com festas, bebidas, pessoas que eu sequer lembraria o nome no dia seguinte. Ah! Nem me dou conta de quantas pessoas passaram por mim sem que eu conseguisse prestar muita atenção nelas. Sequer me interessei por alguém.
E a cada dia 
que passa em minha nova vida, sinto que esse espaço aumenta. Não sei se é por me sentir constantemente sozinha, ou se é pela necessidade cada vez mais cruel de conseguir de alguma forma, liquidar com esse vácuo existente em mim.
Cada passo que dou sinto como se regredisse ao ponto de partida e me sinto extremamente incapaz de me parar, porque tudo o que quero é permanecer em algum caminho, mesmo que esse não me leve à lugar algum.
Acreditei por muito tempo que livros e filmes seriam capazes de me fazer esquecer desse grande nada que habita em mim, porém estive enganada, durante anos me permiti enganar por mim mesma. Como pude ser tão cruel?
Perdi tempo acreditando que o mundo era cinza e que as pessoas eram essencialmente más, para depois de adulta, finalmente entender que o mundo não funciona nesse dualismo débil que costumam nos fazer acreditar desde pequenos. Não existe o bem e o mal, nem pessoas completamente boas ou ruins. Eu passei minha vida toda acreditando numa mentira.
Continuei levando minha vida da maneira como a conhecia, sem grandes mudanças internas ou externas, eu não estava preparada pra nenhuma delas, esse não era o momento. Mas algumas situações sempre nos forçam a crescer de alguma forma, ou então nos fazem permanecer estagnados num certo lugar. Destino? Não acredito nesse papo que as pessoas dizem que o destino não pode ser mudado. Eu posso mudar meu ''destino'' ou seja lá que nome costumam dar pros fatos que nos levam à caminhos diferentes. Acredito realmente que somos nós que mudamos os caminhos, são nossas escolhas, é a nossa carga e de mais ninguém.
Mudei meu caminho, permaneci forte por algum tempo mas logo todo esse vazio e essa necessidade de entender o por que de me sentir assim me fez perceber o quão frágil e solitária eu sou. E saber disso, não muda em nada o fato de como me sinto ou me porto em relação a tudo isso.
Eu preciso encontrar uma maneira de seguir meu caminho, de me deixar guiar pela intuição e só assim, sinto que serei capaz então de preencher esse vazio.



4 Comentários:

DELETADO GIRL disse...

Fato é que todas as situações nos força a crescer.

Estou em novo endereço
ideiasolida.blogspot.com.br


Beijo.

DELETADO GIRL disse...

Estou em novo endereço
ideiasolida.blogspot.com.br


Beijo.

Anônimo disse...

Waу сool! Some very valid points! I appreciatе you writing this ωrite-up and the rest of the site iѕ reallу
good.

Alѕo visіt my site; http://go.org.nz

Anônimo disse...

That is very attention-grabbing, You are
a vегy profeѕsionаl blοgger.
I've joined your feed and sit up for looking for extra of your excellent post. Additionally, I've shагed your web ѕite
in my soсial netωοrks

my webрage ... Www.Familiayetu.Com

Postar um comentário