segunda-feira, 22 de março de 2010

Devoradora de Corações



Me cansa ser aquela a trair seu próprio sentimento,se deixando levar por impulsos tão humanos,tão mesquinhos e tão cruéis.
Parece que gosto tanto de ser machucada,que já não me basta a ferida que outros me causam,é preciso que eu mesma machuque meu coração.
Eu me esqueço de pensar e me deixo levar,mas depois o que não sai da cabeça é a culpa,e o vazio que sinto.
Não quero mais me machucar,não quero mais.E também não quero olhar nos olhos de outro alguém,e ver que o machuquei também sem a intenção de o fazer sofrer.
Me sinto uma idiota por me deixar levar ao invés de tentar entender o que aquilo pode me trazer como consequência.
Foi tão doloroso ver em seus olhos,a decepção e a dor que o causei,e não ser capaz de fazer nada além de fingir que na verdade,nada tinha acontecido.E ver que deixei os rastros de dor espalhados por todo o canto,e continuar imóvel,quieta,chocada comigo mesma,e a única coisa que consigo fazer é chorar e chorar,e me arrepender,e chorar novamente.
Mas chorar não vai fazer o tempo voltar,o beijo se desfazer,e tudo mudar.E agora nada que eu faça,vai desfazer tudo o que eu já fiz,sem nem pensar,simplesmente agi.
Agora só o tempo poderá dizer se as marcas que causei em alguém,serão tão permanentes quanto as que causei à mim.
Eu só não quero ser mais uma devoradora de corações.

1 Comentário:

Liรร disse...

Exatamente como me sinto em algumas ocasiões.
As vezes ferir dói tanto quanto matar a si mesmo.

Amei o texto!

Postar um comentário